A importância do foco e persistência para tocar um instrumento

Para tocar um instrumento é necessário foco e persistência. Do contrário, na primeira dificuldade que surgir você poderá desistir.

Muitos estudantes de violão, guitarra, etc, chegam com todo gás nos primeiros dias de aprendizado, mas conforme o tempo passa esse “gás” vai se esvaindo.

Você sabia que isso não acontece somente com os iniciantes? Muitos que já estudam há alguns anos acabam ficando estagnados depois de encontrarem uma dificuldade no aprendizado, assim, como não possuem foco e persistência, acabam desistindo de continuar aprendendo a tocar um instrumento.

O início do problema…

Citamos um dos casos, que é a falta de persistência. Mas e quanto ao foco? Bem, hoje em dia ele se torna ainda pior para quem quer tocar um instrumento musical.

Mas como assim?

Antigamente era difícil também manter o foco para aprender música, mas hoje em dia as distrações são ainda maiores.

Compartilhe Esse Artigo Com Seus Amigos no Facebook

Compartilhe Esse Artigo Com Seus Amigos no Twitter

Compartilhe Esse Artigo Com Seus Amigos no E-MAIL

O mundo está cheio de coisas que podem desviar o foco do estudante de música, especialmente no que diz respeito a internet. Aqueles vídeos engraçados no Youtube, o Instagram que te puxa a deitar no sofá e deslizar o dedo sobre a tela para ver as postagens engraçadas ou atualizações dos seus músicos favoritos, etc.

Você sabia que seus músicos favoritos treinam muitas horas por dia para estarem onde se encontram? Sabia que aquele garotinho arrasando no violão ou na guitarra num vídeo que você encontrou no Youtube treina todos os dias para conseguir ter tais habilidades?

É isso que diferencia os “prodígios” na música de pessoas que simplesmente aprenderam alguns acordes e depois param e dizem que estão “enferrujadas”.

Ninguém disse que seria fácil. E realmente, seguir com o estudo de um instrumento não é algo fácil. Mas o resultado depois vale muito a pena.

Seria incrível não apenas escutar e curtir um som, mas conseguir fazer o mesmo com o seu instrumento?

Não se culpe por isso

Sabe por que muitos conseguem ficar horas e horas nas redes sociais e assistindo vídeos, mas 10 minutos de estudo de violão se tornam um tremendo peso?

É porque para o nosso cérebro a primeira opção dá “benefícios imediatos”. Cientista dizem que o cérebro humano automaticamente pende para aquilo que te dá satisfação para já.

Logo, para o seu cérebro, assistir um vídeo será muito mais benéfico do que aprender a tocar violão, pois a satisfação será imediata. Fora toda a comodidade de estar confortavelmente na sua cama ou sofá…

Afinal, o que fazer nesse caso? É aí que entram os dois elementos essenciais: foco e persistência.

Na realidade, esses dois elementos precisam fazer parte da sua rotina desde os primeiros dias de estudo de um instrumento.

Por que e como
desenvolver foco e persistência

Provavelmente você já escutou de alguém que “fulano de tal tem o dom para a música”, mas esse “dom” é algo que pode ser desenvolvido.

Se você dedicar-se ao estudo do instrumento poderá tocar muito bem.

Persistência ajuda a pessoa a não desanimar, mesmo quando aparece aquele acorde com pestana que não sai o som limpo como queria. E o foco para conseguir se manter longe das tentações enquanto estuda e pratica no seu instrumento musical.

Como manter o foco

A primeira dica que deixamos é para que você consiga manter o foco enquanto estuda ou pratica: elimine de perto tudo aquilo que te distrai. Se é o celular, tire-o de perto ou coloque-o bem longe. Se é a televisão, então estude num lugar onde não tenha uma tv. Se é o videogame, mantenha-se longe dele (bem longe).

Uma outra dica é ter um roteiro de estudos, assim você não se perde com o que tem que estudar e evitar ficar procrastinando enquanto pensa no que irá estudar a seguir.

Sendo persistente

Pois a principal coisa que te faz perder a persistência ao tocar um instrumento é quando surge alguma dificuldade e você não sabe como agir: “como fazer aquele acorde com pestana soar limpo?” “Como conseguir tirar a batida de uma música de ouvido”, etc.

Nesse caso, a primeira coisa a se fazer é identificar o problema e depois “destrinchá-lo”. Mas como assim?

Simples: se a dificuldade é com a troca de acordes mais rápido, veja se está conseguindo montar os acordes devidamente, se está conseguindo executar a batida no tempo, se não está pressionando demais a mão esquerda quando montar os acordes, etc. Ou seja, podem ser pequenos problemas que se juntam e formam um problema maior.

Então uma outra dica, que te ajudará tanto a manter a persistência quanto o foco, é pensar em “por que vou aprender a tocar violão ou qualquer outro instrumento musical?”. É para tocar numa banda, para cantar e tocar, para se apresentar na igreja, para tocar com os amigos, etc. Assim, cada vez que você encontrar uma dificuldade ou ver que está se distraindo, pensará no seu objetivo e em querer conquistá-lo.

Caso você queira tocar violão, mas ainda não teve a oportunidade. Vou deixar aqui minha indicação do melhor Curso de Violão Online, clique aqui e acesse o curso.

Resumo do Artigo A Importância do Foco e Persistência Para Tocar Um Instrumento

  • O início do problema
  • Não se culpe por isso
  • Por que e como desenvolver foco e persistência
  • Como manter o foco
  • Sendo persistente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *